sexta-feira, 18 de dezembro de 2009


Abraço forte - Maninho

Quando o meu abraço acaba sem sentir o teu
Sinto esse aperto dentro, forte no meu peito
E quando essa parte minha sente essa saudade

É como querer, é só relembrar

Sinto quando vejo o tempo que passou ao longe
Sinto quando lembro o que restou daquele abraço
Uma amizade acima de qualquer lugar

Mais um verso em prosa, consciência que me traz
É bom relembrar, do nosso lugar

E quando o sol nascer aqui, eu sei
Quero te ver mais, ver assim
Quando a tua voz pra mim, cantar
Abraço forte, amigo

Um dia encontrei-a em pé, na soleira de uma porta branca, com seu terço na mão. Encontrei sua alma, seu olhar, suas palavras, seu abraço...
Desde então, ela tem um lugar à soleira do meu coração, de onde espia minha alma, inspira minha sensibilidade e abraça minha essência.

Essa música sempre me lembrará você, seu olhar, suas palavras, sua essência, seu abraço de amor.

Amo-te, minha amiga rainha Regina.

Um comentário:

Carlinha disse...

"inspira minha sensibilidade e abraça minha essência"

Essa minha amiga...

Eii e a cor da dor é dependente de quem a sente! rsrsrs Beijos!